Segunda-feira, 29 de Março de 2010

 

O dia a crescer em sombras

de gaivotas ululantes

de olhos pardos

sitiando

o voo rasteiro

das andorinhas traídas

pelo aguaceiro

frio

de encontro ao seu peito

plúmbeo.

 



publicado por Mnemosine às 20:34 | link do post | comentar

mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


posts recentes

Booklovers

Versos, versos, versos,

Fernando Pessoa - Como a ...

Poema à boca fechada

Prelúdio de Natal

Íntima distância

Alma

Dom Mario Vargas Llosa

Jorge Luís Borges: Alguém...

Nona hora

links
arquivos

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds